Ai vem o novo Matrix

Já são quase 20 anos desde a estréia de "The Matrix Revolutions" Mas um novo filme da saga chegará em dezembro deste ano aos cinemas. Matrix Ressurreição. E com tudo que tem direito, Neo, Trinity e outros personagens estão de volta, e claro, se você é fã da franquia Matrix talvez esteja se perguntando: "Mas como?". Bom, ainda não revelaram como, mas o trailer do lançamento dá a entender que o filme será sim, muito bom, aliás, como todos os outros. 





Tecnologia contra micróbios.

 


A Pandemia do Covid - 19 levou as pessoas a terem outras prioridades que até então ninguém fazia questão. E com as empresas e seus produtos também é assim. Por exemplo, todo mundo passou a ter cuidados extras em relação à importância da limpeza da superfície de seus computadores pessoais, em especial os notebooks. Por isso a Acer pensou em uma forma de diminuir essa sensação de impotência e essa neura por limpeza. Ela está lançando o Acer Swift 5 (SF514-55TA-519P), o primeiro notebook do Brasil com uma tecnologia chamada Antimicrobial Corning® Gorilla® Glass. Essa tecnologia é formulada com propriedades antimicrobianas para proteger as superfícies touch screen, e com a garantia de resistência do vidro, que possui composição patenteada e testada em laboratório, 


Nas mãos do print

 


Sabe aquela captura de tela (O popular print) de conversa pelo WhatsApp que passa de um para outro e pode acabar caindo em mãos de desconhecidos ? Então, agora isso pode gerar indenização para quem teve a conversa divulgada sem autorização. A 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que terceiros somente podem ter acesso às mensagens do aplicativo mediante consentimento dos participantes ou autorização judicial, pois elas estão protegidas pela garantia constitucional da inviolabilidade das comunicações telefônicas. A divulgação gera o dever de indenizar. Com esse entendimento, a Turma negou provimento a um recurso especial ajuizado por um homem que deu print screen em mensagens de um grupo do qual participava no WhatsApp e, sem a autorização dos outros usuários, divulgou as conversas. O autor dos prints e outros integrantes do grupo faziam parte da diretoria de um clube de futebol, e a divulgação das conversas gerou discussão e briga. Por conta do vazamento, ele foi condenado pelas instâncias ordinárias a pagar indenização de R$ 5 mil a um dos ofendidos.