A maior piracema do mundo

Os pesquisadores do Programa do Salmão do Alasca , que são financiados pela Universidade de Washington, nos EUA, descobriram que em um lago, chamado Iliamna, e que é o maior lago do Alasca, o salmão-vermelho desova em uma das maiores piracemas da história recente. A curiosidade fica por conta de que o salmão-vermelho, na realidade, não é vermelho, mas sim tem uma cor azulada. A cor avermelhada no corpo dele só acontece durante a desova. Depois da piracema ele volta ao mar e morre poucas semanas depois. 

 




Fechadura inteligente

A Xiaomi apresentou mais um produto inteligente e olha que não é da familia dos celulares e tablets : Uma fechadura eletrônica . O nome dela é Aqara D100. Ela promete segurança e velocidade na operação de abrir e fechar, mas na verdade o que mais chama a atenção é o design , justamente porque é uma fechadura e não tem maçaneta. 


Apesar de até se parecer com uma fechadura tradicional, ela funciona de forma automatizada e só tem uma abertura para o usuário puxar a porta. A maçaneta foi retirada com a justificativa de garantir mais rapidez na hora de abrir a porta. Ao invés de chave e maçaneta, ela utiliza um leitor de digitais e, assim que a impressão é reconhecida, o proprietário ou outra pessoa que esteja credenciada com a digital já pode abrir a porta. Nos testes o processo todo durou menos de um segundo. A fechadura também pode ser desbloqueada com métodos como senha, NFC, smartphones e sistema de casa conectada, muito comum nos iPhones. Mas claro que os chinese também pensaram na falta de energia por algum motivo, por isso a fechadura conta com uma chave de segurança para destrancar a porta nesse caso. A fechadura vem com uma bateria que dura até 12 meses e pode ser recarregada via conexão USB-C. O preço dela lá na China é de 1899 yuan, mais ou menos R$ 1.538,00 se fizermos a conversão direta. Não há qualquer indicio que ela será vendida em outros países, mas vale lembrar que a Xiaomi está cada dia mais trazendo dispositivos para o Brasil.O video mostra bem certinho o funcionamento dela :




Feito a mão

Raramente você vai encontrar alguém que não goste de massa folhada. Pode existir, mas são pouquíssimos. Um padeiro grego de 86 anos, que trabalha junto com a sua familia chamado Giorgos Hatziparaskos, na ilha de Creta, continuam a tradição de fazer massa folhada manualmente. A primeira loja de pães do Giorgos foi aberta em 1960. O trabalho para fazer a massa manualmente é árduo, a massa é misturada, provada e depois esticada sobre uma mesa comprida várias vezes ao dia. Na verdade a massa é esticada repetidamente até que toda a mesa esteja coberta. Ela fica tão fina que dá para ver do outro lado. Depois disso a massa é coberta com um linho bem fino para absorver a umidade lentamente sem perder a elasticidade. Em seguida, repetem o processo camada por camada até que haja várias folhas finas empilhadas em cada mesa. O esforço físico é tão grande, que o padeiro tem de descansar entre as viradas das massas. 

 
Apesar de todo trabalho, o retorno financeiro das massas não é tão grande como aparenta ser. A massa feita à máquina é muito mais barata , e inclusive a família perdeu vários contratos lucrativos por causa da diferença de preço, mas mesmo assim não abriram mão de fazer a massa folhada artesanal e 100% a mão. Optaram assim por abrir uma confeitaria e vender doces para turistas.


Ele é indestrutível

O nome dele é estranho e complicado de se pronunciar : Phloeodes diabolicus. Ele é mais conhecido como o besouro de ferro , porque tem um "exoesqueleto" praticamente indestrutível. 


Vamos dizer assim que ele é como se fosse um pequeno tanque de seis pernas. O exoesqueleto robusto dele é tão resistente que ele pode sobreviver até se for atropelado por carros ou caminhões, sem contar que os predadores dele não tem chance alguma. mas além de tudo isso, agora algumas análises de imagens feitas em microscópio, modelos de impressão 3D e simulações de computador da “armadura” do besouro mostraram os segredos da sua força. As estruturas são interligadas com a absorção de impacto. isso faz com que elas resistam a enormes forças que poderiam esmagá-lo.